Untitled
esquerda


Leia a Última Edição!

II Série Volume 33 Número 11
Novembro 2020

E-ALERT:

menu esquerda
 
   
 
 
 
 


  1- Factores de recorrência das lesões intraepiteliais do colo do útero.

2- Duodenoscopia e colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (cpre) no diagnóstico da patologia biliar e pancreática. Experiência dos primeiros 150 exames.

3- Mefedrona, a Nova Droga de Abuso: Farmacocinética, Farmacodinâmica e Implicações Clínicas e Forenses

4- História natural da dilatação pielocalicial pré-natal.

5- Drogas antidepressivas.

6- Erisipela.

7- Abordagem terapêutica das úlceras de pressão--intervenções baseadas na evidência.

8- Traumatismo Crânio-Encefálico: Abordagem Integrada

9- Ulceras genitais causadas por infecções sexualmente transmissíveis: actualização do diagnóstico e terapêuticas, e a sua importância na pandemia do VIH.

10- Abordagem actual da gota.

11- Vasculite livedóide.

12- Cisto de Tarlov: definição, etiopatogenia, propedêutica e linhas de tratamento.

13- Tratamento antibiótico da cistite não complicada em mulheres não grávidas até à menopausa.

14- Urolitíase e cólica renal. Perspectiva terapêutica em Urologia.

15- Inversão uterina.

16- Princípios básicos em cirurgia: fios de sutura.

17- Rabdomiólise.

18- Abordagem diagnóstica das neuropatias periféricas.

19- Abordagem diagnóstica das neuropatias periféricas.

20- Demência frontotemporal: que entidade?

 
   

Carta ao Editor sobre o Artigo “Barrett ou Barré?: A Necessidade de Eliminação de uma Pronunciação Incorreta Entre os Médicos Portugueses”



We found the question raised by Sá-Marta and Almeida about the spelling for eponyms interesting.1 We are afraid that disease names will hardly be correctly spelt by Portuguese physicians, because it would require proficiency in several foreign languages such as English, French or Italian, not to mention non-European languages. On the other hand, it can also sound strange to hear a non-Portuguese speaker spelling “Egas Moniz” or “Corino de Andrade”, but if any doubt remains, context is king.

Carta ao editor disponível apenas em inglês.